InícioCriptomoedasBitcoinDrake perde $500.000 em Bitcoin depois da final NBA

Drake perde $500.000 em Bitcoin depois da final NBA

Antes da final da NBA, o famoso rapper Drake apostou $500.000 em Bitcoin nos Dallas Mavericks através do Stake, esperando um ganho de 1.375 milhões. No entanto, ele perdeu a aposta. Vamos ver abaixo todos os detalhes. 

NBA: Drake aposta e perde meio milhão em Bitcoin apostando nos Dallas Mavericks

Como antecipado, Drake, conhecido por utilizar Bitcoin nas suas apostas desportivas, recentemente apostou nas finais da NBA. Infelizmente, os resultados não foram favoráveis para o rapper.

Em 6 de junho, Drake apostou $500.000 em Bitcoin através do Stake nos Dallas Mavericks, esperando um ganho de 1,375 milhões de dólares. Ele anunciou sua aposta no Instagram, escrevendo: “Dallas porque sou um texano.” 

Drake sofreu uma perda significativa quando os Boston Celtics triunfaram com uma pontuação de 106-88. 

O rapper, porém, não apostou tudo em um único evento, tendo também apostado $500.000 no resultado das finais da Stanley Cup NHL, apostando nos Edmonton Oilers. 

Uma vitória o tornaria mais rico em 1,02 milhões de dólares, mas uma derrota resultaria em uma perda total de 1 milhão de dólares.

Os Oilers enfrentarão os Florida Panthers no jogo 5, que será disputado na casa destes últimos. As esperanças de Drake estão depositadas nos Oilers após a derrota dos Mavericks. Drake utilizou ao máximo o site de apostas Stake, com o qual tem uma parceria desde 2022.

Apesar de ter obtido lucros significativos através das suas apostas, também sofreu perdas pesadas. Como no início do ano, quando perdeu $615.000 em Bitcoin depois que Francis Ngannou perdeu contra Anthony Joshua numa luta de boxe.

Até Trump ‘aposta’ no Bitcoin: o apoio à mineração da crypto 

O encontro recente de Donald Trump com uma delegação de miner de Bitcoin abalou tanto o setor blockchain quanto a cena política.

Em um movimento surpreendente e astuto, Trump se posicionou como defensor da mineração de Bitcoin, destacando os potenciais benefícios econômicos e a capacidade de criar empregos. No entanto, uma análise mais aprofundada revela diversos problemas que obscurecem sua posição e o significado para o setor.

Trump propôs incentivos federais para as operações de mining de Bitcoin, incluindo isenções fiscais, subsídios energéticos e potenciais desregulamentações para aliviar as restrições operacionais dos miner. 

Também destacou o potencial para a criação de empregos, especialmente nas áreas economicamente deprimidas, comparando a mineração de Bitcoin a uma nova revolução industrial.

No entanto, estas propostas suscitaram reações contrastantes. Alguns operadores do setor veem isso como um reconhecimento do potencial econômico do Bitcoin, enquanto outros são céticos quanto às verdadeiras motivações de Trump. 

Em outras palavras, o entusiasmo de alguns na comunidade minerária não esconde as complexas problemáticas que o setor deve enfrentar. De fato, um dos maiores desafios para os miner de Bitcoin hoje é o aumento dramático do hash rate e da dificuldade de mining. 

O aumento da taxa de hash superou a rentabilidade, criando uma situação precária para os mineradores. Este aumento levou a uma maior dificuldade de mineração, tornando mais difícil encontrar novos blocos e ganhar as recompensas associadas. 

Para muitos miner, especialmente aqueles com margens de lucro mais finas, os custos operacionais estão aumentando mais rapidamente do que os lucros potenciais. 

Os incentivos do setor, como os acordos de redução de energia e as sociedades cotadas em bolsa que utilizam as ações para sustentar as operações, agravam esta situação. 

Esses incentivos muitas vezes favorecem os ganhos a curto prazo em detrimento da sustentabilidade a longo prazo, colocando os mineradores menores e independentes em uma posição de desvantagem significativa.

RELATED ARTICLES

MOST POPULARS

GoldBrick